domingo, 9 de setembro de 2012

Sistema digestório para crianças

   Olá! Estou estudando FMP de ciências e estou mais que apaixonada. Montando o trabalho do sistema digestório, resolvi dar uma fugidinha e postar o conteúdo, um pequeno resumo, sem muitos detalhes e uns trabalhinhos que copiei de uma blogueira (vamoseducar2.blogspot.com), blogueira dê uma passadinha lá, se precisar copiar as atividades, pois ainda não consegui o desbloqueio do meu blog.

A digestão começa pela boca. O alimento se encontra com a saliva, é triturada pelos dentes e empurrada pela língua até a faringe.
O bolo alimentar, nome que recebe depois de mastigado, sai da faringe e desliza pelo esôfago, que produz os movimentos peristálticos (contração), empurrando até a Cárdia, uma válvula que abre para o bolo chegar ao estômago. O bolo alimentar será digerido quimicamente pelo estômago, que contém o ácido clorídrico, transformando-se em Quimo.
O estômago é como uma bolsa, que produz o suco gástrico e protegido por um muco, porque o suco gástrico é muito ácido. As enzimas, pepsina, renina e lipase, quebram o bolo alimentar para facilitar a digestão dos nutrientes e transformando o bolo alimentar líquido, para passar pelo piloro, uma válvula que impede a passagem prematura dos alimentos.
Tem uns órgãos neste sistema, que também são importantes:          
 O fígado que produz um líquido chamado bile, como se fosse um detergente, transforma gotas de gordura em gotículas, regula a quantidade de água e filtra as impurezas;
O pâncreas produz hormônio e suco pancreático, ele controla a glicose (açúcar) no sangue, proporcionando um funcionamento adequado do organismo. O suco pancreático é lançado no duodeno e depois no intestino delgado.
A função do intestino delgado é a absorção, recolhendo os alimentos transformados. Depois transporta para o intestino grosso, que se divide pelo ceco (porção inicial do intestino grosso), colón (órgão de armazenamento, onde os movimentos de mistura promovem absorção de água e fermentação bacteriana dos produtos. O muco, produzido é importante, para facilitar o trajeto das fezes até sua chegar ao reto) e o reto (região final do intestino grosso, em que a pressão do bolo fecal exercida sobre o reto aumenta, o músculo, involuntariamente, mantém o orifício retal fechado, abre-se e estimulam o indivíduo a contrair a musculatura voluntária (sensação de vontade de evacuar), ou melhor, a evacuação acontece quando se relaxa esta musculatura voluntária.
A última etapa é a eliminação das fezes, pelo ânus.
                                                                ATIVIDADES


                                          Agora preciso voltar e terminar meus trabalhos. Abraços!!!

2 comentários:

Anônimo disse...

podre

robson disse...

acho que se não é pra compartilhar a atividade desativa o blog!

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...