sábado, 17 de novembro de 2012

SIICUSP 2012

   Olá a todas! Como descrevi no outro post, este semestre foi um dos bem puxados e eu presenciei muitas situações e oportunidades únicas de aprendizagem. O SIICUSP foi um deles, porque é iniciação científica da USP, em Ribeirão Preto. 
   Entre encantos e desencantos, eu e minha colega de artigo, vivenciamos o real e o surreal! Por quê? Te explico: Sou aluna de uma faculdade privada, dona de casa mudando as estatísticas de alunos em faculdade (comecei tarde, ao invés de começar na juventude) e sem malícia alguma para aquele meio onde estávamos.
   O que mais me surpreendeu foi que eu e minha colega, éramos as mais velhas ali, a grande maioria tinha uns 18 à 24 anos e o restante 27. Todos já estavam ali pela 2ª ou 3ª vez e fizeram pesquisas em laboratórios e de prática em projetos. Impossível não sentir o peso da decepção e da pergunta: por que não tive essa mesma oportunidade antes?
   Devido a escola ser aparelho ideológico do Estado e a sua função é formar Elite e Trabalhadores, percebi que cumpriram bem o seu papel. Meus olhos antes não via, havia uma torrente de escamas que me vendavam e enxergava apenas embaçado. Porém essas escamas caíram por terra e passei a ver. 
   A escola pública, é para os pobres, cujo ensino mísero e frugal, transforma alunos insonsos e sem preparo para o competitivo mercado de trabalho, mas a escola pública, enquanto Universidade, é para aqueles que estudaram em escolas particulares, que tiveram acesso a outras línguas e que darão continuidade as cadeias mandantes e operantes deste país. E o mais duro: eu pago para que eles tenham uma educação privilegiada e gratuita.
   Fora essa injeção de realidade, devo dizer o quanto me orgulho e me sinto feliz, que em meio a tantas pessoas preparadas, tive a oportunidade de estar ali, representando os poucos.
   Agradeço, primeiramente a Deus, meu marido( pelo apoio) e minhas professoras Carol Carneiro e Laura Cuvello, pela oportunidade de aprender. Mesmo que a pessoa que me avaliou no SIICUSP não seja da área (colocaram uma pessoa de exatas e não biológica) e que tentou menosprezar onde estudo e minha opção de formação (pedagogia), foi uma experiência inesquecível e me deixou com o doce amargo de quero mais e melhor! 
   Eis minha visão para a primeira, mas não único, simpósio de iniciação científica.





Um abraço!

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...